Análise – ‘FIFA 19’ Agora com as principais Ligas, mas poucas mudanças visuais

Postado em
Atualizado em

Categoria: Games, PC, PS4, Review, XBOX ONE

Compartilhe:

FIFA continua com o título de jogo mais vendido do Brasil, confira o que achamos do FIFA 19.

Gráficos e Gameplay

A EA aprimorou a movimentação e também os gráficos do jogo, testamos a versão de Playstation 4, a interação dos torcedores, animações dos jogadores, estão melhores do que nunca, foram adicionadas animações novas, uma adição importante neste ano, foi que a EA trouxe a famosa e tão aguardada Liga dos Campeões, com essa novidade, temos os principais campeonatos no jogo oficial da FIFA.

Se você veio do FIFA 18, não aconteceram muitas mudanças, mas a adição da Liga e alguns ajustes são sempre bem vindos, um dos modos que foram implementados foi a famosa história de Alex Hunter no modo A Jornada, que nela temos a finalização do personagem com a possibilidade de jogar com mais dois personagens, vamos comentar mais deste modo à frente.

Visualmente o jogo recebeu poucas melhorias, em muitas situações, temos gráficos e também as artes visuais bem parecidas com a do FIFA 18, não espere um passo muito grande neste quesito, infelizmente jogos lançados anualmente sofrem deste mal.

O controle de bola foi aprimorado, agora está mais manual, na versão anterior muita coisa era realizada automaticamente, agora o jogador tem mais controle em relação aos passes e também ao novo formato de chute, chamado timing shot, este tipo de finalização era utilizado em jogos da NBA pela EA e foi implementado no FIFA, quando pressionado o botão de chute no momento correto, a finalização vai com mais força e com direção mortal ao gol do adversário, levamos um certo tempo para nos adaptar a este tipo de chute, mas quando pega o jeito, vale a pena utilizá-lo, mas se preferir, pode deixar os controles no modo clássico, apenas com a barra de força como nos jogos anteriores.

O sistema de defesa manual está em FIFA 19 também, achei um pouco complicado pra marcação e também para o bote no jogador adversário, mesmo utilizando o comando para tirar a bola, as vezes o defensor fica apenas cercando, segundos são primordiais em jogos rápidos como o FIFA, se bobear no comando, é o tempo que seu adversário tem para fazer um gol, mas nada como uma curva de aprendizado para pegar o jeito da marcação.

Battle Royale é um modo de jogo que caiu no gosto dos jogadores em 2018, com o FIFA 19 também temos algo similar, mas calma que aqui você não precisa matar seu oponente e sobreviver sozinho, no FIFA foi implementado o modo  Survival, sempre que um time marcar um gol, um jogador da equipe será eliminado. O detalhe aqui é que, as partidas seguirão uma regra básica do futebol, que é a da partida terminar quando um time tiver menos de sete jogadores, mas neste caso, vencerá a equipe que anotar cinco gols primeiro.

Ultimate Team

Este sem dúvida é o modo mais jogado do FIFA, com a versão deste ano não é diferente, tivemos algumas novidades, principalmente no modo de ranking, na versão 18 que tivemos um pulo enorme em relação ao 17, mas neste ano, tivemos aprimoramentos em relação as outras, isso é ruim? Sem sombra de dúvida que não, agora o sistema está mais robusto do que nunca e convida o jogador a ficar toda semana melhorando sua posição para receber as recompensas quando virar os desafios.

Division Rivals é a parte mais interessante o UT neste ano, nele você enfrenta pessoas com nível parecido com o seu e vai progredindo e subindo e recebendo recompensas.

Mas notamos que para realmente progredir no UT, você precisa abrir um pouco a mão e comprar as famosas coins, ou ter habilidades bem altas para se dar bem e conseguir montar seu elenco dos sonhos “na raça”.

Modo Carreira

Este é um dos modos que não podem faltar em jogos de futebol, mesmo com o modo UT sempre em alta, a sensação de montar uma equipe, escolher os jogadores e seus contratos, é algo bem divertido e mais jogador, ao menos aqui na redação.

Em FIFA 19, ele foi simplificado, mas não de uma forma negativa, foram tiradas muitas coisas em excesso, como exemplo informações desnecessárias, tudo parece funcionar mais naturalmente, desde a janela de transferência, até chegar na data das competições, antigamente o sistema foi ficando muito cheio de informação e coisas acontecendo no mesmo dia que o jogador se perdia, agora temos menus bem interativos e ótimos para navegar enquanto você busca se manter na liga escolhida e ao mesmo tempo montar sua equipe dos sonhos.

Já a carreira de um jogador, você monta seu avatar da forma desejada e vai se aventurar em algum campeonato de sua preferência, continua bem próximo das outras versões, mas a diferença são as informações que temos do jogador, ele é bem parecido com o modo carreira que comentamos acima, mas aqui, temos controle apenas de seu jogador.

Modo a Jornada

Alex Hunter começou em times pequenos e com o sonho de jogar em grandes ligas, isso começou lá no FIFA 17, agora no 19 temos um personagem maduro e competindo no campeonato mais importante de times, a Liga dos Campeões. Outra novidade nesse modo é a possibilidade de jogarmos com 3 personagens diferentes, você conhece a história do jogador Danny Williams, Alex Hunter e também de sua irmã, Kim Hunter.

Não temos apenas uma mudança visual entre eles, dentro das 4 linhas, os personagens possuem movimentação e habilidades diferentes, Willians evolui na história e Hunter já está bem estabelecido no mundo de futebol, nesta versão temos o desfecho, vale a pena acompanhar. Já a sua irmã, o game mostra toda a dificuldade das ligas femininas de futebol que temos hoje em dia.

Vale a pena?

Se você já é fã de FIFA, sem dúvida, mesmo com poucas mudanças, todas atualizações , modo UT aprimorado e a Jornada finalizada, notamos que a implementação da Liga dos Campeões deu uma força a mais em FIFA 19, se você gosta de futebol, você deve dar uma chance para conhecer todos os modos e as principais ligas do jogo.

Nota: 8,5

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Website Traffic