Especial | Cinco jogos carregados de emoções [+Spoilers]

Postado em
Atualizado em

Categoria: Games, PC, PS3, PS4, XBOX ONE

Compartilhe:

Sequências dramáticas, que marcaram a história dos games. Hoje vamos falar de cinco jogos que são carregados de emoções e até parecem histórias da vida real. Vem com a gente conferir .

The Last Of Us: História trágica, especificamente quando Joel personagem principal perde sua filha Sarah, ambos foram baleados, porém Sarah morre em seus braços, é uma das cenas mais tristes do jogo. E isso é só o começo, Joel vê o mundo desmoronar, ele ainda tem que levar o lado paternal a Ellie, depois de chegar de uma longa missão.

Red Dead Redemption: John Marston, um fora da lei reformado, teve a missão de derrubar os membros de sua antiga gangue. O FBI prometeu anistia a Marston se ele completasse sua tarefa perigosa, permitindo que ele voltasse para sua esposa e família. Depois de derrotar o chefe final, John tem a chance de voltar para casa e rever sua família, porém ele não esperava que os federais apareceriam e o mataria a sangue frio.

Metal Gear Solid 3: Snake Eater: Foi uma grande surpresa para a franquia de Metal Gear, Naked Snake matando seu mentor, é uma das cenas mais emocionantes do jogo. O diálogo entre os dois personagens, é um ponto forte da história. Confira abaixo:

Eva: Snake, existe alguém que você gosta?
Snake: nunca estive interessado na vida dos outros…
Eva: Mas te interessava o The Boss. Qual é a história entre você e ela?
Snake: Que ela era como minha mãe… e meu mestre.
Eva: E sua amante?
Snake: Foi mais profundo que isso. Metade de mim é o The Boss.
Eva: Você a ama?
Snake: Não, nada disso.
Eva: Você odeia ela?
Snake: Tem que ser um ou o outro, amor ou ódio?
Eva: Entre um homem e uma mulher, pode apostar.
Snake: Há dez anos nós vivemos e morremos juntos. Você não entenderia.
Eva: E você acha que você pode matá-la agora? Assassinar o The Boss. Isso é a missão não é?

Call Of Duty: Modern Warfare 2: No capítulo “No Russian”, você joga um agente secreto da CIA que se infiltrou, com sucesso, em um grupo terrorista russo. Para provar a lealdade a organização, o seu personagem se junta a um grupo, atirando em massa no aeroporto, refletindo a terrível realidade que vivemos todos os dias. É isso mesmo, para os próximos 15 minutos, você metodicamente passeia ao redor do prédio, atirando em pessoas inocentes que estão correndo por suas vidas e gritando “assassino”. É uma experiência angustiante legitimamente.
Curiosamente, seu personagem é morto no final do nível, se você puxar o gatilho ou não. Quando você percebe que a participação ativa foi arbitrária, torna-se difícil de se livrar do poço em seu estômago.

Silent Hill: É um dos jogos da série, que mais mexe com o psicológico, pois temos James um protagonista bem perturbado, tendo que conviver com os demônios de seus atos, o desfecho da história é um dos mais impressionantes dos jogos de terror.

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Very Traffic