LG C8 | Você deve investir em um televisor 4K da LG?

Postado em
Atualizado em

Categoria: Review, Tecnologia

Compartilhe:

Lançada no ano passado, a LG C8 veio para compor a linha premium de televisores OLED 4K da Sul Coreana LG. Com um grande investimento a marca apostou em combinações que unem desempenho, recursos e qualidade de imagem. Hoje vamos contar a nossa experiência com este televisor.

A LG C8 em termos de especificações técnicas é bem parecida com o modelo anterior LG C7, no entanto a marca trouxe para este último lançamento um design diferente e um novo processador – Alpha 9 aliado com a Inteligência Artificial Thinq, que resultou em imagens nítidas e uma ótima qualidade sonora.
Visualmente a C8 é elegante, graças ao painel OLED ultrafino, ficamos até com um certo receio de retirar da embalagem, pois em seu entorno não há moldura, apenas o vidro de sua tela. Na parte traseira –  temos alumínio escovado no topo e plástico cinza escuro mais abaixo. Na metade do corpo, no canto esquerdo estão alojados todos os componentes, é a parte mais espessa do produto.
Com uma base reforçada e um design inovador, a LG teve o cuidado de incluir o sistema de som (Dolby Atmos) na parte frontal, que permitiu que os alto-falantes fiquem direcionados ao expectador.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para utilizar todos os recursos, utilizamos o controle remoto Smart Magic – já faz parte do conteúdo da embalagem, que permite o acesso rápido aos menus, graças a facilidade que o webOS traz, a única ressalva é que na redação utilizamos outros produtos da LG, como o exemplo: monitores – quando acionávamos o controle remoto (com conexão por infravermelho), ele ativava comandos do monitor, resolvemos isso selando o sensor infravermelho do monitor.

 

  • Processador: Alpha 9
  • Sistema: Sistema Operacional WebOS 4.0
  • Entradas/Saídas: 4 x Entradas HDMI;
  • 3 x Entradas USB;
  • 1 x Entrada RF para TV aberta;
  • 1 x Entrada RF para TV a cabo;
  • 1 x Entrada AV/Vídeo componente;
  • 1 x Saída digital óptica;
  • 1 x Saída para fones de ouvido (P2);
  • 1 x Entrada LAN (RJ45);
  • Taxa de Atualização: 120 Hz (refresh rate)
  • Tempo de Resposta: 1 ms
  • Controle Remoto Smart Magic: sim, do tipo pointer
  • Potência dos alto-falantes: 40 W
  • Padrões de som: Dolby Atmos
  • Padrões de vídeo: HDR10 Pro, HLG Pro e Dolby Vision
  • WiFi integrado: Sim
  • Bluetooth: Bluetooth 4.2
  • Peso 55″ (com base): 19,1 kg

A LG unificou seu sistema de inteligência artificial – com a marca ThinQ, o próprio nome já sugere. O webOS da LG já está em sua versão 4.0 redesenhada, simplificada e muito fácil de navegar. Nele você encontra todas as plataformas que estão em alta no momento, como HBO, Youtube, Netflix e   Amazon Prime Video. Os três últimos incluem suporte para 4K, HDR e, no caso da Netflix, Dolby Vision e Dolby Atmos.
Além do controle remoto você pode utilizar a sua voz para controlar a TV, o microfone está embutido no próprio controle remoto já com a última atualização da marca, que traz uma linguagem o mais natural possível.
O controle de voz faz parte do ecossistema da LG, ele foi adicionado no ano passado baseado na “Internet das Coisas” (IoT), com isso ele consegue reconhecer, gravar comandos e se conectar com outros dispositivos que suportam a tecnologia proprietária da empresa.

Desempenho de Imagem e Som

A união do novo processador Alpha 9 e o sistema operacional webOS foi um casamento que deu certo, ambos trouxeram ótimos resultados na exibição de imagens, com níveis de detalhes impressionantes, graças ao upscaling que o processador Alpha converte de forma rápida e eficaz. A imagem que possuía muitos ruídos, a C8 foi capaz de remover as imperfeições e com isso tivemos um resultado bastante satisfatório ao assistirmos nossos conteúdos.
O que mais nos impressionou foram as imagens em 4K, os conteúdos da Netflix como Roma, Justiceiro, Polar e Altered Carbon, todos estes seriados e filmes já vêm prontos com Dolby Vision e Dolby Atmos, com esta tecnologia conseguimos aproveitar da melhor forma possível o sistema de streaming – e posso afirmar foi um deleite para os olhos e ouvidos.
Aproveitamos a TV também para jogar Days Gone, lançamento recente da Playstation, com a utilização do PS4 PRO pudemos ativar na televisão o modo 4K e HDR, onde o processamento da imagem foi realizado de forma muito boa, o televisor nos entregou imagens cristalinas, bem acima dos modelos que estávamos acostumados.
Sempre deixamos como ressalva que o tempo de uso à longo prazo para qualquer televisor com tecnologia OLED fica propenso ao famoso burnin-in, mas o uso consciente de qualquer produto deste seguimento aumenta o tempo de vida útil.
Falando de som, a LG incluiu 2.2 canais e 40W de amplificação no quadro slim do C8, o som é incrivelmente ótimo, para uma TV ultrafina. Com a tecnologia Dolby Atmos o som é imersível e não sentimos necessidade de ligar o televisor ao Home Theater, visto que temos a opção de adequar o conteúdo ao melhor som possível – os modos que já vêm pré-programados são eficientes, um deles é o modo de jogo, que utilizamos em Days Gone. Mas se você quer uma imersão ainda maior, vale o investimento em um sistema de som dedicado.

 

 

 

  • Qualidade de imagem;
  • webOS;
  • Som;

  • Controle Remoto Universal LG;
  • Base fixa, não móvel;

São duas opções de tamanhos disponíveis: 55″ e 65″, a de teste da redação foi o modelo de 55″ que possui um tamanho ideal para o nosso espaço. Este modelo pode oferecer imagens surpreendentes, principalmente em 4K.
Com um design lindo e minimalista, este é um dos televisores mais atuais e completos do mercado tanto fisicamente quanto em seu software e a diversidade de recursos que esta TV nos traz, faz uma grande diferença na hora de escolher e finalizar a compra, já que esta é uma linha de produtos que não trocamos anualmente. Você encontra a C8 a partir de R$ 7200 nas principais lojas do Brasil.

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Very Traffic