MITOS DE CTHULHU: Uma semana de horrores cósmicos

Postado em
Atualizado em

Categoria: Cthulhu

Compartilhe:

Prepare-se para intermináveis noites de tormento! Os tentáculos cósmicos se emergiram para um especial de 7 dias com TUDO SOBRE os mais aterrorizantes de Lovecraft – os MITOS DE CTHULHU!

Arte por Lívia Serrano

O que é? Estamos preparando uma semana inteira repleta de conteúdos envolvendo tudo aquilo que você sempre teve curiosidade de saber sobre os contos mais enigmáticos e subversivos de todos os tempos.

Para os marujos de primeira viagem, não se preocupem! Com uma introdução ao assunto, tenha certeza que você saberá tudo que precisa.

Curiosidades, listas, referências, e uma viagem transcendental aos horrores primordiais são marcas registradas do que você verá entre os dias 27 de junho a 03 de Julho durante o especial MITOS DE CTHULHU: Uma semana de horrores cósmicos. Aqui, você terá acesso ao sumário de tudo que preparamos durante o especial. 

A cada dia, novos conteúdos serão liberados e assim – estes estarão disponíveis a partir deste artigo principal, para você que gostaria de acompanhar todos os capítulos da série! 

A coisa mais misericordiosa do mundo, creio eu, é a incapacidade da mente humana em correlacionar todo o seu conteúdo. Vivemos numa plácida ilha de ignorância em meio a negros mares de infinito, e não está escrito pela Providência que devemos viajar longe.  – H.P. Lovecraft

Sumário:

E antes de partirmos para conceitos básicos e avançados sobre as aterrorizantes obras do autor, quem foi H.P. Lovecraft? E o que são os Cthulhu Mythos?

O representante do Cosmicismo

Arte representando H. P. Lovecraft se transformando em uma de suas criaturas. (arte por: Lívia Serrano) MITOS DE CTHULHU

H.P. Lovecraft ou Howard Phillips Lovecraft é um escritor estadunidense nascido em Providence, no pequeno estado Rhode Island nos Estados Unidos, reconhecido mundialmente por sua revolução no gênero de terror – o que futuramente seria cunhado como cosmicismo ou horror cósmico.  

Se atendo aos gêneros de fantasia e ficção científica como base de seus contos mais famosos, Lovecraft começou sua vida como escritor profissional em 1917 publicando “Dagon”, na revista pulp Weird Tales

Tendo forte inspiração em Edgar Allan Poe e Edward Plunkett (que iniciaram o cosmicismo originalmente), Lovecraft escreveu inúmeros contos como Ghostwritter (escreve a obra, vende seus direitos e recebe por isso, mas não tem os créditos), uma vez que para sobreviver precisava escrever histórias mais fáceis de se vender (poesias, obras não-ficcionais), o que se distanciada de suas mórbidas e obscuras tramas.

Após a morte de sua mãe (1921), Lovecraft conheceu Sonia Haft Green. Uma judia-russa que em 1924, se casaria e o faria morar em Nova Iorque, precisamente no bairro do Brooklyn. 

Após grandes reviravoltas negativas na vida de H.P. seu destino estava cravado. Ele voltaria para Providence, e infelizmente sem sua amada (não por conta de um suposto óbito). 

UMA VIRADA CATÁRTICA

Logo após seu divórcio, Lovecraft se correspondeu com vários escritores que na ocasião, eram iniciantes no gênero de horror, aventura e ficção. Dentre estes, Robert E. Howard (criador de “Conan, O Bárbaro”), Robert Bloc (“Psicosis”, livro que seria adaptado por Hitchcock futuramente) dentre outros, se tornando amigo de vários na época e se correspondendo fundamentalmente via cartas. 

Após a separação do casal, em 1926, Lovecraft finalmente teve um de seus momentos mais catárticos da vida. Após viajar vários lugares antigos ao longo da costa leste (Nova Inglaterra, Santo Agostinho Filadélfia, Charleston) escreveu suas obras mais famosas até então: ‘O Chamado de Cthulhu’, ‘A Sombra dos Tempos’ e ‘Nas Montanhas da Loucura’.

Tendo somente um livro publicado em toda sua vida (uma publicação de ‘A Sombra Sobre Innsmouth’ fora feita em 1936, porém em condições deploráveis) Lovecraft morreu no ano de 1937 aos 46 anos de idade em sua cidade natal, Providence, deixando um legado de histórias que futuramente foram preservadas e publicadas por amigos (August Derleth e Donald Wandre).

 

MITOS DE CTHULHU

MITOS DE CTHULHU Darren Tan

 

O termo Cthulhu Mythos (termo cunhado originalmente por August Derleth) se trata do panteão de criaturas, entidades e contos a se passar em um universo compartilhado por obras como ‘O Chamado de Cthulhu’, ‘Nas Montanhas da Loucura’, ‘Um Sussurro nas Trevas’, ‘A Sombra Vinda do Tempo’, ‘A Sombra sobre Innsmouth’ e outros. 

De acordo com o sitelivecraft as obras de Lovecraft podem ser divididas em três temas centrais: 

  1. Histórias sobre a Terra dos Sonhos ou “Dreamlands”.
  2. Histórias típicas de terror.
  3. Histórias sobre o mito de Cthulhu (por exemplo o conto ‘Nas Montanhas da Loucura’ e ‘O Chamado de Cthulhu’ – obras essenciais sobre o panteão mitológico).

O universo compartilhado das entidades cósmicas

Ainda que o termo possa ser considerado distante ou impreciso contextualmente, existem conexões entre obra de H.P. Lovecraft relacionadas aos Mitos de Cthulhu. Sabemos que em dado

momento da vida do autor – ele e seus amigos próximos, escritores iniciantes e experientes formularam o que viria a ser o “Círculo de Lovecraft”, onde as mitologias estabelecidas foram futuramente exploradas em contos de terceiros enriquecendo os Mythos.

Tópicos como os Cthulhu Mythos e mais, serão abordados ao longo do especial.

 

Opções de compra:

Compilado de contos:

Melhores adaptação para HQ:

Contos separados:

Melhores jogos:

A semana Mitos de Cthulhu acontece entre os dias 27 a 3 de julho 

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Very Traffic