Análise | Disney Classic é pacote com jogos clássicos que são verdadeiras obras primas para a geração atual

Postado em

Categoria: Review

Compartilhe:

Parte 1- O Rei Leão:  Durante a década de 90, as produções cinematográficas da Disney eram um monopólio de sucesso que se estendiam por vários setores como brinquedos, alimentos, roupas e tinham por objetivo fidelizar crianças e adolescentes para além das telas de cinema.

Um Passado de Sucesso

Neste período, os vídeo games de mesa buscavam se estabelecer no mercado internacional através de grandes empresas de hardware e dos estúdios produtores de jogos que enxergavam no sucesso dos musicais da Disney, e em outros filmes norte-americanos, a oportunidade de gerar mais um produto que fortalecesse a produção. Jurassic Park, O Exterminador do Futuro, Batman entre outros clássicos tiveram uma versão para Mega Drive e Super Nintendo com adaptações que privilegiavam a qualidade técnica entregando uma experiência interativa inspirada no enredo de seus respectivos filmes.

Entre muitas produções de sucesso, Aladdin e O Rei Leão se destacaram nas bilheterias, na crítica e no gosto do público por trazerem histórias envolventes e de personagens carismáticos que se tornaram produtos da cultura pop apreciados até o momento presente.
O estúdio Virgin Games (o mesmo estúdio produtor de discos de grandes artistas) assumiu a produção dos dois títulos e lançou em 1993, um ano após a estreia do filme, o jogo do Aladdin e em 1994 assinou a produção de O Rei Leão quase que simultaneamente ao lançamento do longa-metragem. Com grande expertise em gravações digitais e processamento sonoro, a Virgin já dominavam o hardware dos vídeo games de 16 bits e conseguiram extrair o melhor dos consoles apresentando um trabalho de muita qualidade e fiel à trilha sonora original. A Disney Interactive e suas subsidiadas como a Capcom ficaram a cargo da programação e do level design objetivando retratar em pixels o enredo dos filmes para propor diversão com Simba em seu habitat natural na África e Alladin na cidade de Agrabah.

Mais de 20 anos após o lançamento desses jogos, a Nighthawk em parceria com a Disney faz o relançamento dos jogos para os consoles da atual geração com melhorias gráficas e repleto de conteúdos bônus que são uma grande celebração para que os jogadores se recordem de duas importantes produções que se destacaram na época.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Tudo o que o sol toca é o nosso reino”

A história da monarquia de Mufasa na Pedra do Rei é uma das histórias mais emblemáticas do cinema por trazer uma trágica disputa pelo poder entre membros da família real. Tendo por tema principal a inveja e a ambição, Scar, o irmão mais novo do rei Mufasa, planeja a morte do monarca e de seu filho Simba em uma forte aliança com as hienas para tomar o trono reinar no absolutismo.
Sobrevivendo à armadilha do tio, Simba foge das terras do reino carregando a culpa da morte do pai e, no caminho, encontra Timão e Pumba que ensina o filhote de leão uma nova filosofia de vida permitindo ao felino um recomeço de vida. Simba cresce junto a um suricato e um javali comendo insetos e dormindo debaixo da calmaria das estrelas ao mesmo que esquece de sua natureza animal e de sua sucessão como rei legítimo.

Sarabi, mãe de Simba, e as outras leoas ficam subordinadas a Scar em um território devastado pela ambição do novo rei, pela caça em excesso e da presença das hienas (inimigas naturais dos leões) que afastaram as manadas e prejudica o ciclo da vida que era protegido por Mufasa.
Em busca de melhores condições de vida, Nala organiza um grupo de caça para manter a família alimentada decidindo, por conta própria, explorar terrenos para além da Pedra do Rei e em uma de suas empreitadas reencontra Simba que estava conformado com o passado e acostumado a uma vida de liberdade e ausência de responsabilidades. Nala vê no antigo amigo o rei que Simba não teve a oportunidade de ser e o conscientiza para sua responsabilidade de assumir seu lugar de direito.

Ao retornar para casa, Simba surpreende a todos por estar vivo e assusta Scar que acreditava ter derrotado o sobrinho. Sem estar disposto a entregar o trono, Scar trava uma intensa luta junto às hienas contra Simba que, em um ato de boa vontade, propõe ao tio que se afaste do reino e que voltasse para importuná-lo. Em uma última tentativa de manter o poder, Scar ataca o sobrinho, mas acaba sendo entregue às hienas e morto por suas companheiras por ter traído a sua confiança.
Ao retomar ao posto de líder, Simba restaura a Pedra do Rei seguindo os mesmos ideais de seu pai em preservar o delicado ciclo da vida da qual faz parte. Promove um reinado de paz e prosperidade que beneficia a todos os animais permitindo que tudo o que está envolvido nessa poderosa força tenha o direito de desfrutar dos benefícios da vida.

“Há mais coisas para ver, mais que a imaginação”

Toda a produção do jogo O Rei Leão seguiu os padrões de qualidade e técnica dos estúdios de animação da Disney que incluiu a criação e movimentação dos personagens feitos à mão tal como os filmes eram desenhados na época. Walt Disney prezava pela arte humana e acreditava que os trabalhos manuais dos artistas revelavam muito sobre a identidade de suas criações bem como a dos personagens o que levou a produtora a continuar com esse aspecto até o início dos anos 2000 quando gradualmente foi sendo substituído pelas animações digitais.

Ao idealizar o jogo, os produtores envolvidos tiveram como principal objetivo manter todo o visual do longa metragem em todas as suas cores e formas para que o público tivesse a sensação de esse estar jogando o filme e não assistindo um jogo. Toda a parte técnica de O Rei Leão é de extrema competência e se mostra, por vezes, superior a própria época já que é possível notar a inserção vozes digitalizadas e elementos gráficos que os hardwares da geração não respondiam exatamente à altura.

Quando anunciado para a atual geração de consoles, os fãs do game esperavam um remake completo em que o jogo fosse redesenhado com os motores gráficos da atualidade, mas o que a NightHawk entregou foi uma remasterização que roda o jogo em 1080p melhorando a definição de imagem. O pacote Disney Classic oferece ao jogador os mesmos jogos do passado sem alterações técnicas como jogabilidade e mixagem de canais de áudio. Entretanto, a experiência de jogo ainda é relevante e oferece qualidade mesmo após 26 anos colocando o game em um patamar de qualidade que desbanca várias produções indies do momento.

Todos os estágios do jogo são baseados diretamente nos acontecimentos do filme e retratam com beleza e capricho os diversos ambientes por onde Simba vive suas aventuras. Tendo como base principal o gênero plataforma, o level design das fases contam sempre com um fundo temático (aos moldes de Sonic the Hedgehog) e mecânicas que consistem em pulos e ataques aos inimigos.

A Disney Intercative realizou um trabalho competente recriando os cenários do filme quadro a quadro como um “quebra cabeças” para que os impactos representados na história pudessem estar presentes no jogo. Isso resultou em ambientes com cores vívidas que transmitem a emoção do momento e que se alteram conforme os fatos narrativos acontecem. Como exemplo, tem-se a primeira fase na Pedra do Rei em que os tons claros, mostrados através da luz incidente do sol, no destaque do verde da grama, e dos tons mais escuros dos rochedos passam a sensação de calmaria e de uma vida equilibrada onde Simba sonhava em ser rei. Na segunda fase, as cores quentes ganham vida ao serem representadas por uma savana de natureza exuberante e animais silvestres enquanto o protagonista é lançado ao ar pelas mãos habilidosas de macacos ao som de “O que eu quero mais é ser rei”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os momentos de maior tensão também são refletidos pela paleta de cores como é o caso de Elephant’s Graveyard de atmosfera sombria e repleta de ossos de elefantes que mistura o roxo, o cinza e o preto para demonstrar todo o mal caráter de Scar e de suas companheiras hienas.
Apesar de apostar em cores vibrantes e emocionais, a produtora também complementa o jogo lançando mão de recursos técnicos mais avançados pouco comuns na época como o posicionamento centralizado da câmera que gera um cenário tridimensional na fase Stampede e faz com que Simba corra de frente, técnica essa que seria vista em vídeo games da próxima geração como Nintendo 64 e o primeiro Playstation.

Este slideshow necessita de JavaScript.

As duas últimas fases jogadas com Simba filhote refletem momento distintos da jornada do leão sendo uma porta de entrada para um novo desafio quando o personagem estiver crescido. Em Simba’s Exile os tons agressivos de laranja e amarelo misturam a sensação de fuga com a culpa em uma forma quase poética de se representar que novos horizontes estão a caminho enquanto em Hakuna Matata, as cores frias preenchem o ambiente em harmonia com as luzes devolvendo a alegria do pequeno felino que na companhia de novos amigos, deixa o passado para trás e cresce na tranquilidade de um mundo sem problemas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Assim como no filme, o jogo também é dividido em duas partes: a primeira metade jogada com o jovem Simba em seis fases e a segunda jogada com o Simba adulto em quatro fases sendo que as diferenças de gameplay não se refletem somente na aparência do personagem, mas nos diferentes tipos de comandos como também na dificuldade que se eleva significativamente.

Os estágios com Simba adulto são uma metáfora ao seu destino e à sua força interior que precisa se manifestar e buscar pelo seu lugar de rei no ciclo da vida. A alegria e a leveza da vida de criança são deixadas no passado e, nessas fases, o objetivo principal é enfrentar inimigos mais poderosos e puzzles bem elaborados como na fase Simba’s Returns onde é necessário passar por labirintos em forma de cavernas que podem fazer com que o jogador volte ao início inúmeras vezes se não souber o que fazer.Apesar de conter somente quatro fases que representam a vida adulta, a dificuldade é explorada ao máximo com inimigos que resistem até aos ataques mais fortes de Simba. Toda a arquitetura do jogo segue os padrões de dificuldade da época que consiste em muitas tentativas de um mesmo ponto fase fazendo com que o game pareça maior. Os jogadores podem esperar por desafios complexos a partir da segunda fase do game sendo as últimas um verdadeiro teste de paciência que era uma característica típica de jogos com campanhas curtas como é o caso de o Rei Leão.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Bem premeditado e bem calculado”

Os aspectos gráficos são um dos maiores atributos do jogo, mas seriam menos notados se não contassem com uma trilha sonora à altura e se não estivesse em harmonia com os temas originais e o enredo.
Os temas musicais do filme foram compostos por Hanz Zimmer e Elton John que levaram o Oscar por melhor trilha sonora e melhor música com “Can you Feel the Love Tonight” produzindo uma das composições cinematográficas mais conhecidas da história. Toda a grandeza desta trilha foi respeitada pelos desenvolvedores do jogo que tiveram cuidado em fazer com que as principais músicas (e outros temas) tocassem e se destacassem como no filme permitindo que os jogadores tivessem a sensação de estarem na pele de Simba em todos os momentos.
A narrativa do jogo segue os eventos do filme e as músicas acompanham o desenrolar da história de forma competente uma vez que o “score” das composições foi mantido e é reproduzido em canais de áudio digitalizados que permitem quase a total integridade da qualidade das notas e das vozes.

Temas populares como ‘O que eu quero mais é ser rei’ são tão fiéis que o jogador poderá cantar a letra enquanto viaja nas costas de um avestruz que corre por uma selva quente e exótica. O cinismo de Scar também está presente no tema ‘Se Preparem’ que faz com que a letra apareça na mente de todos aqueles que assistiram à produção e aprenderam a cantar em sincronia com os personagens.
As vozes digitalizadas aparecem em menor quantidade, mas oferecem um capricho ao jogo sendo muito raro um aspecto durante a quarta geração de vídeo games. Ao ouvir timão enunciar “It starts” (começou) no início do game, tem-se a impressão de que a Disney Interactive desejava rechear o jogo com as vozes dos personagens para reforçar a ideia de se jogar o filme e estar mais imerso no universo da monarquia leonina. No entanto, os hardwares dos principais consoles da época não suportavam a execução de um grande número de arquivos de áudio digitalizados reduzindo drasticamente a inserção de vozes.

 

A sonoplastia é um fator que recebe menos destaque uma vez que aparecem em pouca quantidade e são ofuscadas pelos temas musicais e passam quase despercebidas em forma de um silêncio durante as fases. Ao passar pelas diferentes localidades, pode-se ouvir os ataques de Simba aos inimigos, seu rugido, o grunhido das hienas, mas, de forma geral, a sonoplastia está voltada aos seres vivos do jogo e não aos ambientes. Quando Simba está andando pelas fases, nenhum som é ouvido e somente a música tema é executada como é o caso do cemitério de elefantes onde o personagem rola pelas ossadas sem nenhum som característico para dar fidelidade ao momento. Nos quatro estágios como um leão adulto, a sonoplastia se mantém com poucas alterações como o rugido mais poderoso e os ataques mais severos e faz com que o jogo perca vitalidade nesse quesito que poderia adicionar mais efetividade à proposta de jogo pensada pelos produtores.

Os jogadores mais fanáticos pela trilha poderão aproveitar nesse novo pacote a opção Museu que oferece a possibilidade de ouvir todos os temas do jogo sem a necessidade de desbloqueá-los cumprindo tarefas a atingindo pontuações específicas no decorrer das fases. Ter uma ferramenta exclusiva para ouvir a trilha sonora de O Rei Leão é uma homenagem tanto para os compositores do filme quanto para os desenvolvedores da Virgin que com poucos recursos realizaram um trabalho de primeira qualidade que merece um destaque como este feito pela NightHawk.

“Eu nunca vi um rei leão sem juba e sem pelo”

Por se tratar de uma produção herdada diretamente do passado, alguns fatores técnicos tornam-se sofríveis com o passar dos anos e, na jogabilidade e reposta aos comandos, O Rei Leão não se adapta aos padrões tecnológicos atuais.
Um jogo de gênero essencialmente de plataforma necessita de controles rápidos e com alto grau de precisão para que os pulos e ataques a inimigos sejam realizado no tempo certo. No caso deste jogo, a jogabilidade acaba por afetar diretamente a dificuldade por trazer comandos imprecisos e inflexíveis que atrapalham o gameplay em pontos específicos como armadilhas e combates com as hienas.

Os pulos de Simba são um dos fatores que mais precisam de atenção dos jogadores para serem executados, isso porque a velocidade e a distância do pulo devem ser “calculadas” em determinadas parte das fases para se alcançar uma outra região. Se o jogador não fizer distanciamento e não aplicar a velocidade correta pela alavanca de controle, o personagem não ganha altura e força suficientes para ultrapassar um obstáculo ou chegar a uma outra área. Durante todo o jogo será comum errar pulos e perder vidas por conta de uma jogabilidade antiga e pouco precisa. Essa imprecisão também pode ser sentidas no andar do personagem que algumas vezes não obedece o comando dado fazendo com que Simba se jogue de precipícios ou emperre em lugares que exijam mais velocidade e destreza. Tal característica também se aplicam aos pulos que por vezes acontecem em penhascos ou pequenas plataformas onde o leão se balança.

Nestes locais, a jogabilidade pode atrapalhar o avanço da fase, pois além de ter que calcular o momento certo para se lançar à próxima plataforma, durante o pulo é preciso também calcular na alavanca de controle a distância correta entre uma plataforma e outra para realizar um salto de sucesso, o que muitas vezes acarreta em uma vida perdida até que o jogador ganhe mais destreza com o controle.

Considerando os recursos disponíveis da tecnologia atual, NightHawk poderia ter reconfigurado os comandos para que ficassem mais flexíveis e coerentes com a jogabilidade atual mantendo os controles originais também como um recurso bônus.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os esquemas de checkpoints, itens de vida e continue afetam consideravelmente o fator jogabilidade uma vez que fazem com que seja necessário repetir um mesmo trecho da fase diversas vezes. Os checkpoints acontecem em lugares bem planejados e geralmente aparecem quando se ultrapassa mais de 50% do estágio. Como forma de aumentar o nível de dificuldade, existem fases que não há checkpoints obrigando o jogador iniciar a fase desde o início resultando em um forte apelo à jogabilidade que será posta à prova demandando muito treino por parte daqueles que se aventuram com Simba.

Os itens de recuperação de vida aparecem de forma escassa e se tornam verdadeiros objetos de necessidade durante os muitos perigos encontrados. Os insetos que fazem parte da dieta de Simba estão, em sua maioria, em locais de difícil acesso e que necessitam de um caminho especial para se chegar ao delicioso “bug”. Ao avançar pelos diferentes cenários e enfrentar inimigos, a vida do jovem leão ou de sua versão adulta é consumida rapidamente fazendo com que o jogador procure por uma recuperação o quanto antes. Alguns insetos são disponibilizados pelos caminhos principais apenas como uma forma de manter o ritmo de jogo, portanto é necessário ter em mente que manter uma barra de vida cheia não será uma constante em O Rei Leão.

A quantidade de continues e vidas disponibilizadas pelo jogo variam de acordo com a dificuldade escolhida no início. O nível fácil colabora com o jogador oferecendo oito vidas inicias e mais continues para a jornada, mas o nível mais difícil reduz esses números a quase zero e tornam a experiência de jogo um tanto frustrante principalmente se considerarmos os padrões de campanha e jogabilidade da geração atual.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Como uma forma de equilibrar esses fatores, a produtora inclui no pacote duas opções de controle que amenizam consideravelmente os aspectos mais complicados do game da Disney. No menu inicial, a opção “Watch” está disponível para que o jogador assista a gameplay completa do jogo em cinquenta minutos. No entanto, é possível interromper essa visualização em qualquer ponto e começar a jogar. Isso facilita a passagem de momentos mais difíceis fazendo com que o jogo possa ser aproveitado com mais fluidez e longe das repetições constantes típicas de games de plataforma. Se desejar, é permitido assistir ao jogo (podendo inclusive avançar ou retroceder as partes) e assumir o personagem somente na luta final contra Scar e ver o final da história de Simba e seu destino como rei.

Para aqueles que se consideram mais dedicados, é possível jogar na modalidade tradicional e ter o controle do tempo ao toque de um botão. Esse recurso permite voltar e refazer a trajetória considerando um longo período de jogo (elapsed time) e permite que o jogador faça seus próprios checkpoints e avance pelas fases de maneira mais rápida e consistente.
Tendo como principal objetivo aumentar a experiência com a história de Simba e sua jornada, a Disney Iteractive entregou um jogo que superou as expectativas da época com uma união consequente entre técnica e história marcante. O jogo resgatado pela NigthHawk entrega um serviço de qualidade com conteúdo bônus interessantes ainda fazendo de Rei Leão uma obra prima dos games que merece respeito por parte de todos os jogadores.

Veredito

O Rei Leão é uma forma muito consistente de se jogar o filme e conhecer seus detalhes de forma interativa e divertidas conforme a trajetória de Simba é contada pelos autênticos cenários extraídos diretamente do longa-metragem. Gráficos de qualidade, trilha sonora digitalizada e fiel garantem uma visita à Pedra do Rei de forma autêntica destacando o título como um “must have” da sua geração e de qualquer jogador dedicado ao universo gamer.
Apesar de não atualizar as questões de jogabilidade para o momento atual, a produtora compensa este fator com conteúdo extra que disponibiliza outras formas mais flexíveis de jogar aproximando o game da realidade dos jogadores.

Nota: 8,5

Disney Classic é um pacote de jogos que inclui os títulos O Rei Leão e Aladdin que foram sucesso nas plataformas Mega Drive e Super Nintendo.

A análise do jogo Aladdin você confere em breve no site.

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Very Traffic