Análise – ‘Call of Duty Black Ops 4’ traz novo modo de jogo com destaque para o multiplayer

Postado em
Atualizado em

Categoria: Games, PC, PS4, Review, XBOX ONE

Compartilhe:

A Activision tem um ciclo onde cada Call of Duty é criado por um de seus estúdios, em 2018 foi a vez da Treyarch voltar com a série Black Ops, uma das mais amadas pelos jogadores de COD, confira o que achamos de Black Ops 4.

Modos de jogo

Este ano foi o que mais mudou no quesito modos de jogo, agora não temos mais o modo história, eles foram divididos em 3: Blackout, Multiplayer e Zombies.

O Blackout, nada mais é do que a versão de battle royale no padrão de qualidade de Call Of Duty, o número de jogadores ficam de 80 à 100 na partida e o mapa muda de acordo com a comunidade. O grande diferencial é que a Activision tem em mãos um shooter bastante sólido e que está no mercado há muitos anos. Muitos jogos tomaram como base COD’s passado, com a faca e o queijo na mão, era inevitável lançar este modo de jogo que convenhamos, ela acertou em cheio, mas infelizmente nada é perfeito, principalmente aos brasileiros, a divisão comum seria solo, duplas e esquadrão, mas os servidores da América do Sul passaram por alguns problemas ultimamente, a equipe de desenvolvimento está bem ativa no Twitter e Reddit, conversando com a comunidade e sempre trazendo novidades e melhorias para o jogo, foi informado que pela quantidade de jogadores não estava fechando uma partida de 80 pessoas por exemplo, então estão fazendo alguns testes deixando a playlist com apenas 1 de cada, para depois voltar ao normal, até o fechamento deste review, estava apenas o modo Solo disponível.

Apesar destes problemas, o modo Blackout é um dos melhores Battle Royale que já experimentamos, o padrão e balanço do COD dentro de um modo assim, fica bastante divertido, um ponto que todo fã adorou, foi que o mapa do Blackout, nada mais é do que a junção de diversos mapas do multiplayer do game, como exemplo da Fire Range, Nuketown, entre outras. Além de prestar atenção com seus inimigos durante a partida em certos pontos do mapa, temos zumbis espalhados, a vantagem em cair em um local assim, são as recompensas, quando derrotados, eles liberam alguns itens raros que são ótimos para tentar vencer a partida, como armas que tem apenas nestes locais, como exemplo o Asylum, mas fique esperto que combater os zumbis, vai entregar a sua posição aos outros jogadores, isso gera conflitos frenéticos e divertidos nestes locais do mapa, vale a visita.

Os personagens que você pode liberar são bem variados, desde os já conhecidos, do modo multiplayer até os do Zombies, mas temos a presença de alguns clássicos, como o famoso Woods. Para liberar basta realizar algumas missões dentro da própria partida, como exemplo encontrar um item e deixar ele no seu inventário e terminar a partida entre os 10 primeiros, este é apenas um exemplo, são divertidos e dão um objetivo além de manter-se vivo durante a partida.

A Treyarch vem adicionando algumas partes importantes no mapa do Blackout, como exemplo o excelente o barco da Hijacked, a empresa informou que vai implementar sempre com novidades o mapa ao invés de lançar novos e com isso, separar a comunidade. Blackout foi um excelente modo de jogo para a franquia.

Multiplayer

Este é um dos principais modos de jogo quando falamos de Call of Duty, com 14 mapas, sendo 10 novos e 4 remasterizados, a diversão continua da melhor forma que a Treyarch sabe fazer quando é jogabilidade em um FPS, os mapas disponíveis no multiplayer são:

Arsenal
Contraband
Firing Range
Frequency
Gridlock
Hacienda
Icebreaker
Jungle
Militia
Morocco
Payload
Seaside
Slums
Summit

Mesmo que você não compre o famoso e polêmico Black Ops Pass, terá diversão com uma variedade grande pois eles são dos mais variados, recentemente foi adicionado o amado por uns e odiado por outros o mapa Nuketown, que agora está com uma temática de neve e por ser um jogo sem os pulos de seu antecessor, deixar a jogabilidade bem ágil no chão, depende apenas de sua habilidade com as armas e com o especial de seu especialista.

Logo de início, temos 10 especialistas com a volta de uns e adição de outros, a Treyarch prometeu novos totalmente gratuitos, até o fechamento deste review, já vimos o update chamado Operation Absolute Zero que trouxe algumas novidades ao game, entre eles a nova hacker Zero, que é muito divertido jogar com sua nova habilidade.

A vantagem da Treyarch ser ativa nas redes sociais, ajudam a balancear quando temos alguma arma com vantagens extras em comparação com as outras ou até mesmo algum especialista, eles escutam bastante a comunidade de toda a atualização, traz melhorias e novidades aos jogadores. Abaixo separamos o vídeo que mostra as novidades deste primeiro update sazonal.

As armas são modelos similares a que temos no mundo real, e o famoso pick 10 está presente, com ele você escolhe as vantagens, armas primárias e secundárias, etc, deixando a jogabilidade da forma que quiser com os 10 pontos que você tem para isso, não precisa obrigatoriamente utilizar uma arma secundária, você pode deixar apenas a primeira e incluir mais uma vantagem por exemplo, esta é a melhor forma de criar seu perfil no jogo e a Treyarch foi bem feliz com esta escolha que é aceita pela comunidade de COD.

O multiplayer está bastante fluido, já que a Activision faz questão de manter os 60 fps mesmo nos consoles, jogamos no Playstation 4 convencional e não tivemos problemas com o desempenho durante as partidas.

Os famosos modos de jogo como capture as zonas, mata mata em equipe, até o famoso jogo de armas, onde você começa com um tipo de arma e a cada morte realizada, recebe uma nova, vence quem concluir o ciclo de armas estipulado pelo jogo, notamos que a playlist fica em certa rotatividade, como alguns modos sendo incluídos, como o já citado jogo de armas que veio após o lançamento, mas o que mais têm jogadores, são os contra todos, controle e o mata mata em equipe, a comunidade brasileira está bastante ativa no modo multiplayer, temos jogadores em muitos modos de jogo em qualquer horário, não tivemos problemas em encontrar partidas.

Zombies

A Treyarch foi a desenvolvedora que apresentou de forma bem divertida este modo, tanto é que, este ano temos até eles no modo Blackout, a comunidade de Zombies é enorme, este ano não foi diferente, novas histórias e personagens para detonar os zumbis. Com três experiências Zumbi completas no lançamento – IX, Voyage of Despair e Blood of the Dead e outras que serão adicionadas para os que comprarem o Black Ops Pass.

Este ano foi importante para este modo, pois completa 10 anos desde o seu lançamento, com isso temos algumas novidades ao longo dos anos, mas a ideia é a mesma, seja sozinho ou no modo cooperativo, enfrente hordas de zumbis e tente sair vivo, com uma história sendo contada entre os personagens e prepare-se, pois os mapas de zombies, possuem diversos easter eggs espalhados durante seu gameplay, fique atento a todos, pois as recompensas valem o esforço, não quero citar eles aqui para evitar spoiler, já que a experiência fica completa apenas com a surpresa.

Jogar em uma arena de gladiadores ou até mesmo no famoso Titanic, pode parecer um tanto quanto bizarro, mas a equipe da Treyarch conseguiu unir estes mundos com uma forma divertida e com um nível de dificuldade balanceado, você escolhe entre eles e o mais difícil é bastante desafiador e exige um nível alto de cooperação entre os jogadores, vale a pena arriscar nele.

Vale a pena?

Mesmo sem o modo história, a Activision trouxe o novo modo Blackout que deu uma revigorada na série, pois ele vem totalmente caracterizado e notamos que mesmo sendo um Battle Royale, ele têm todas as características da série Call of Duty, é um jogo multiplayer muito bom e o nível dos jogadores está bem alto e desafiador, as novidades foram muito bem vindas e agora sem os polêmicos pulos, você joga com o pé no chão e a habilidade com a arma que vence, está muito divertido progredir e todos os eventos adicionados melhoraram e trouxeram ainda mais novidades ao jogo, se você é fã da franquia, pegue sem medo, pois no quesito jogabilidade online, este será um dos mais divertidos.

Nota: 8,5

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
.