Especial | Técnicos de futebol brasileiros

Postado em

Categoria: Artigos

Compartilhe:

Vocês sabiam que como qualquer outra profissão tem seu dia no calendário de comemorações existe uma outra, que também não passa em branco mas tem o seu dia em destaque?

Também chamados de professores pelos atletas, estes importantes profissionais do esporte tem seu dia comemorado em 14 de janeiro.

Muitos dos técnicos de futebol tiveram suas carreiras iniciadas como jogadores de futebol e dentro do próprio ofício deram a continuidade na carreira.

Nós vemos aqui no Brasil uma turbulência muito grande na função destes profissionais, pois muitos clubes em seus momentos de declínio nos campeonatos nacionais e estaduais  trocam de técnicos muitas vezes durante o ano  visando a melhora das equipes o que muitas vezes não acontece daí a substituição constante dos mesmos.

Já no futebol europeu, nas ligas da Europa a mais transmitidas pela TV aberta e por assinatura, aqui no Brasil podemos perceber a permanência dos técnicos durante muitas temporadas mesmo diante de algumas derrotas.

Penso que isto ajuda a valorizar o trabalho destes profissionais do esporte.

Mas voltando para o futebol brasileiro e falando um pouco de seleção brasileira, vocês sabem quantos técnicos já passaram pela nossa seleção pentacampeã desde o início?

Acertou quem respondeu 57 técnicos e neste breve relato vou registrar alguns destes profissionais: anotações extraídas pela página da CBF com nomes em ordem alfabética e entre parenteses, os anos de suas atuações em frente a seleção brasileira de futebol.

Ademar Pimenta (1936-1938, 1942)
Affonso de Castro (1919)
Amílcar Barbuy (1918, 1919, 1922)
Armindo Nobs Ferreira (1934-1935)
Arnaldo da Silveira (1919)
Aymoré Moreira (1953, 1961, *1962, 1963, 1965, 1967, 1968) * Bi campeã

Benedito Montenegro (1916)
Biju (1968)

Candinho (2000)
Carlos Alberto Parreira (1983, 1991- *1994, 2003-2006) * Tetra campeã
Carlos Alberto Silva (1987-1988)
Carlos Froner (1966)
Carlos Nascimento (1939)
Carlyle Guimarães (1968)
Chico Netto (1917, 1923)
Célio de Barros (1922)
Cláudio Coutinho (1977-1979)
Clodô (1922)
Cristófaro (1917)

Dunga (2006-2010, 2015)

Edu Coimbra (1984)
Emerson Leão (2000-2001)
Ernesto Paulo (1991)
Evaristo de Macedo (1985)
Ferreira Netto (1918, 1919, 1921)
Filpo Núñez (1965)
Flávio Costa (1944, 1945-1950, 1955, 1956)
Fortes (1920)

Gentil Cardoso (1959)

Jayme Barcellos (1940)
João Saldanha (1969-1970)
Joaquim Ribeiro (1916)
Joaquim Guimarães (1925)
Joreca (1944)
Jota Júnior (1968)

Laís (1928-1929)
Luís Vinhaes (1931-1932, 1934)
Luiz Felipe Scolari (2001– *2002) * Penta campeã.

Mano Menezes (2010-2012)
Mario Cardim (1916)
Mario Pollo (1917, 1919)

Oswaldo Brandão (1955-1956, 1957, 1965, 1975-1977)
Oswaldo Gomes (1920)
Oswaldo Rolla (1960)

Paulo Roberto Falcão (1991)
Pedrinho (1957)

Rubens Salles (1914)

Sebastião Lazaroni (1989-1990)
Silvio Lagreca (1914, 1916, 1940)
Sylvio Pirillo (1957)

Telê Santana (1980-1982, 1985-1986)
Teté (1956)

Tite ( 2016 até hoje )

Vanderlei Luxemburgo (1998-2000)
Vicente Feola (1955, *1958-1959, 1960, 1964-1965, 1966) * campeã

Yustrich (1968)

Zagallo (1967, 1968, *1970-1974, 1994-1998) * Tri campeã
Zezé Moreira (1952, 1954-1955)

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...
Very Traffic