Análise | Logitech G PRO X o teclado ágil, portátil, mas MUITO BARULHENTO!

Postado em
Atualizado em

Categoria: Review, Tecnologia

Compartilhe:

Embora não seja um teclado numérico, o G PRO X foi desenvolvido com a ajuda de jogadores profissionais com o intuito de torná-lo um dos melhores periféricos para torneios. Confira agora tudo o que achamos deste novo lançamento da Logitech.

Conteúdo da Embalagem

 

 

 

O G Pro X tem uma aparência simples e discreta, ele possui cabo de 1,8m destacável e firmemente trançado, totalmente compacto, se você está em busca de um teclado numérico, este modelo não serve para você. Os LEDs são brilhantes e podem ser alterados para uma infinidades de cores. Sua construção é bastante sólida, ele foi feito em plástico e alumínio, os 5 pés são emborrachados – ele não desliza para lugar nenhum, ele possui regulagem de altura de 8 e 4 graus, pesa um pouco mais de 1kg, claramente ele foi feito sob medida, as teclas foram encaixadas corretamente, elas não ficam “bambas”, digo isto porque muitos modelos no mercado deixam a desejar neste quesito.

Este slideshow necessita de JavaScript.

A Logitech destaca três características neste teclado, switches GX intercambiáveis de nível profissional, tenkeyless – design compacto e lightsync – RGB programável. Suas 12 teclas F programáveis oferecem funcionalidades secundárias – como F9 botão reproduzir / pausar para suporte multimídia, F10 é o botão de parada, F11 retrocede uma trilha por pressionamento e F12 avança uma trilha por vez.

As teclas vêm revestidas em preto ficando transparente apenas as suas funções, evitando o vazamento da luz RGB, ele fica com uma aparência sóbria e leds bem fortes. Os switchs vem no formato padrão e são removíveis, a Logitech já vende em outros países kits para personalizar o seu teclado, porém não é necessário usar os componentes da marca, caso você opte pelas mudanças.

O logo da Logitech está localizado no canto superior esquerdo e já no novo formato da empresa, toda a superfície é fosca, ele marca facilmente ao tocar, mas a limpeza é simples, gostamos muito da aparência do teclado, isso mostra que a marca se preocupou em trazer mudança tanto interna quanto externa. A iluminação é uma das melhores que existem e possui um software bem completo de personalização e que passa por constantes atualizações.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

 

  • Peso 1335 g
  • Altura/profundidade 16.00 cm 17.40 cm
  • Inspirado no design tenkeyless profissional
  • Switches mecânicos GX Blue Clicky.
  • Iluminação RGB LIGHTSYNC.
  • Perfil integrado para armazenamento de iluminação
  • 12 teclas FN programáveis.
  • Taxa de transmissão de 1 ms
  • Comprimento: 153 mm
  • Largura: 360,5 mm
  • Altura: 34,3 mm
  • Comprimento do cabo: 1.8 m
  • Porta USB
  • Windows 7 ou posterior, mac OS 10.11 ou posterior.
  • Acesso à Internet para download de software (Opcional)

 

 

 

Para personalizar e aproveitar ao máximo o seu teclado, obrigatoriamente baixe e instale o software G HUB. Logo de cara as primeiras funções do aplicativo apresenta a personalização das cores e efeitos do seu teclado, ajuste de velocidade, além da opção Sync Lighting onde todos os dispositivos Logitech compartilharão a configuração. O aplicativo G Hub também permite definir macros.
O Logitech G Pro X usa switches GX Blue Clicky, que são para quem gosta de realmente sentir o clique e ouvir os sons das teclas, mas se você prefere algo linear recomendo o red que são ótimos para digitação e jogos.

Qual é a diferença entre GX Blue Clicky e MX Blue? Não muito. Ambos têm feedback de clique distinto no ponto de acionamento principal, curso total de 4 mm e exigem cerca de 60 centinewtons de força operacional. O ponto de ativação do GX Blue é um pouco mais alto, o que alguns podem dizer que o torna uma chave “mais rápida”. Mas estamos lidando com frações de milímetro aqui.

Fizemos alguns testes trocando os switches com a chave que veio junto com ele, é bem prático e simples, mas tome muito cuidado com a parte de baixo, pois lá encontram-se todos os contatos e são bem sensíveis.
Utilizamos ele mais para jogos do que para digitação com o formato das teclas em americano, se você prefere modelos ABNT a própria Logitech trouxe o Carbon.
Em jogos de FPS a resposta foi bem rápida e as teclas são macias, o ajuste da altura foi muito bem colocado e os espaço entre as teclas favoreceu bastante na jogatina, pois você não vai acertar nenhuma tecla por engano.
Particularmente não gostamos tanto do switch azul, não pela qualidade mas pelo barulho das teclas, o que acaba sendo irritante para quem está ao lado ou com headset em volume baixo.

 

 

 

  • Luz LED
  • Qualidade e estrutura
  • Portabilidade.

 

 

 

  • Barulhento
  • Entrada Micro USB e não tipo C

 

 

 

O Logitech G Pro X é um ótimo teclado para quem não se importa com a altura dos switchs, o tamanho dele é ótimo e você se acostuma de forma bem rápida, principalmente em jogos. Nos games, só temos elogios pela velocidade que tivemos principalmente nos FPS’s, a iluminação deste teclado é ótima para jogar em ambientes totalmente escuros, ficamos por algumas horas escolhendo nossas cores preferidas.
Com o teclado G PRO X, a Logitech está fornecendo um produto de nível profissional, hoje ele pode ser encontrado na loja oficial ou de parceiros na faixa de R$ 999,90, o preço tem um sabor agridoce no mercado brasileiro, mas a Logitech é uma das melhores marcas que traz qualidade, garantia e eficiência no pós venda – este é um dos motivos de escolhermos os periféricos da marca para compor o nosso setup da redação.

Nota: 9,0

COMENTÁRIOS

Loading Facebook Comments ...